Partners Comunicação Pro Business

O que o relacionamento com a comunidade diz sobre o seu branding?

Gradativamente, as empresas estão se aproximando das comunidades do seu entorno. No entanto, a convivência pacífica desse relacionamento com a comunidade passa por uma cautelosa estratégia, na grande maioria, criada pelos profissionais da área de comunicação organizacional.

Contudo, isso não significa que a sociedade não se organize para estabelecer um relacionamento com a empresa. Afinal, é preciso agir quando um problema provocado pela companhia a atinge negativamente.

Logo, para que a empresa não seja vista apenas atuando com atividades reativas, seu líder deve manter de forma constante e estruturada o seu relacionamento com a comunidade. Continue a leitura e saiba mais!

Por que a empresa deve se preocupar com o seu relacionamento com a comunidade?

A comunicação empresarial é basicamente a maneira com que a organização se comunica, seja com o público interno e/ou com o público externo, incluindo fornecedores, stakeholders e comunidade.

Nessa direção, é relevante que a comunicação empresarial ande na mesma direção que a missão, os valores e a visão da empresa. Afinal, não é possível ser um bom comunicador com o público interno se as ferramentas disponíveis não favorecem a comunicação com o público externo.

Quais os benefícios de investir no relacionamento com a comunidade?

Sabendo que as organizações são partes atuantes da sociedade, elas, consequentemente, influenciam no dia a dia das comunidades nas quais estão incluídas. Logo, para manter a sustentabilidade do negócio, é importante que o diálogo seja transparente e a cultura local seja respeitada.

Para isso, é fundamental avaliar os possíveis impactos ambientais, sociais e econômicos gerados pelas atividades da sua empresa.

Tenha em mente que esse trabalho deve estar alinhado com base no levantamento de dados sobre as demandas da população da região, assim como, compreender a visão da comunidade em relação à empresa.

Logo, são parte desses benefícios o desenvolvimento sustentável da organização, o aumento do valor agregado da marca junto aos órgãos públicos, colaboradores, concorrentes, parceiros e clientes.

Como desenvolver o relacionamento com a comunidade?

É importante compreender que, para desenvolver o relacionamento com a comunidade, a organização, inicialmente, deve ter a percepção de como engajá-la, ou seja, de que forma a organização poderá gerar oportunidades de interação.

O início desse processo precisa ocorrer de forma estruturada, portanto, estabeleça objetivos e identifique quem será engajado. Para isso, muitas empresas utilizam ferramentas como entrevistas, mídias sociais e eventos a fim de estabelecer o feedback final.

No entanto, vale ressaltar que esse relacionamento não deve ser feito de forma pontual, mas, sim, de forma contínua.

Sendo assim, confira três etapas que devem ser levadas em consideração ao desenvolver o relacionamento com a comunidade.

Identificação e análise dos públicos na comunidade

Saiba que, em um ambiente onde a comunidade apresente diversas problemáticas e público, a organização tem de priorizar os que mais são impactados e assim definir estratégias dinâmicas para se relacionar.

Diálogo transparente

A empresa precisa buscar um posicionamento transparente e divulgar informações sobre qual sua intenção e o que ela pretende desenvolver junto a comunidade.

Acesso à informação

Por fim, mais do que se posicionar e garantir a transparência e a clareza do conteúdo junto à população, é importante assegurar o acesso a todo esse conteúdo.

Viu? Isso mostra que investir em comunicação para aproximar o relacionamento com a comunidade reflete não apenas no aumento da valorização da imagem da empresa, mas também incentiva o desenvolvimento da organização como um todo.

Você curtiu este post? Então deixe um comentário neste texto e compartilhe, com a gente e com os nossos demais leitores, a sua opinião sobre esse tema!

No Comments
Post a Comment