Partners Comunicação Pro Business

Eventos corporativos: 6 principais tipos e as vantagens em realizá-los

Os eventos corporativos são importantes para a manutenção da imagem da empresa, bem como melhoram o relacionamento do público com a marca. Organizá-los pode ser uma ótima solução para atrair mais clientes e tornar-se referência do seu setor. 

Esses ambientes são ideais para o networking e a troca de experiências. Além disso, eles são grandes vitrines para que a empresa organizadora aumente a autoridade no mercado e mostre melhor os seus serviços. 

Se você quer saber mais sobre os tipos de eventos e quais as vantagens ao realizá-los, continue lendo este post!

Os benefícios dos eventos para a sua empresa

A internet se tornou um meio de comunicação muito poderoso. Por isso, atualmente, fala-se tanto sobre a importância de ter uma boa presença digital e estar bem representado nessas mídias. Porém, os profissionais não devem esquecer-se das oportunidades que podem surgir no ambiente offline, principalmente em eventos do setor. 

Os congressos, as conferências, as reuniões e os workshops são tipos de encontros que reúnem profissionais da sua área, possíveis parceiros e clientes. Por isso, participar ou organizá-los pode trazer muitos benefícios, como:

  •  aquisição de novos clientes;
  • melhora no processo de vendas;
  • melhora na imagem da empresa;
  • promoção da capacitação interna;
  • ajuda no contato com novos parceiros;
  • indicação de novas soluções para o negócio;
  • melhora do aprendizado;
  • manutenção da equipe atualizada;
  • conhecimento da realidade do cliente. 

Apesar de o evento trazer muitos benefícios, ele não é tão simples de ser organizado. Por isso, é preciso seguir uma série de ações pré e pós-evento para que os resultados sejam os melhores possíveis. Por exemplo, é necessário planejar com antecedência, procurar fornecedores e parceiros para divulgação, organizar listas de checagem de pré-evento e realizar uma análise de resultados no pós-evento. 

Os seis principais tipos de eventos corporativos 

Os eventos corporativos são constituídos por vários tipos e podem receber diversos nomes. Por isso, é importante conhecer as diferenças para saber exatamente quais são a finalidade e a vantagem de cada um.  

1. Congresso

O congresso é um conjunto de várias sessões que apresenta temas previamente definidos. Geralmente ele é restrito a grupos associativos, categorias de profissionais ou linhas acadêmicas.

Ele tem por objetivo apresentar e debater assuntos de interesse específico de um segmento. É possível que dentro de um congresso tenha simultaneamente palestras, conferências, mesas-redondas e seminários. 

2. Palestra

As palestras são eventos mais simples e podem ser realizados sem muita cerimônia. É possível realizá-las na própria empresa tanto para o público interno quanto para o externo.

A ideia central é que um profissional seja apresentado e discorra sobre algum assunto específico. Os palestrantes precisam ser referência no setor e ter o dom da oratória para que o público engaje e se interesse pelo tema. Ao final, a plateia pode interagir com perguntas e comentários. 

3. Conferência

A conferência é uma apresentação realizada por uma autoridade em um determinado assunto e é oferecida a muitas pessoas. Ela conta com a presença de um presidente de mesa, que conduz a conversa e segue uma linha mais formal do que a palestra. Nesse caso, as perguntas são feitas de modo limitado, por escrito e devidamente identificadas ao final da apresentação. 

4. Workshop 

O workshop é um tipo de treinamento voltado para questões específicas, que se aprofunda em um determinado tema pré-definido pelos organizadores. Algumas pessoas confundem os conceitos de workshop e curso. 

Exemplificando: o curso trata de um tema mais amplo e busca qualificar seus participantes. Já no caso do workshop, a intenção é tratar de um tema de forma aprofundada. Por isso, na maioria das vezes, o workshop oferece atividades práticas. Ele é mediado por um ou mais moderadores que norteiam as discussões e atividades em grupo.

5. Cursos 

Diferentemente do workshop, os cursos têm uma organização em que o participante recebe as informações de forma passiva. Eles podem durar dias ou semanas e têm como propósito qualificar seus participantes, sejam eles parceiros, clientes, funcionários ou interessados no assunto. 

Esse tipo de evento demanda um maior planejamento e tem uma execução complexa. Primeiro, é preciso definir se o curso será para o público interno ou externo. Caso seja para atrair novos clientes, a atividade envolverá mais processos, como a escolha de professores do curso, definição de público-alvo, valor, divulgação, organização de coffee break, entre outros. 

6. Lançamento de produtos ou serviços

O lançamento de produto ou serviço é outra forma de realizar um evento corporativo. Ele ajuda a gerar buzz sobre a marca, principalmente se a equipe de marketing já tiver realizado ações que gerem interesse e curiosidade no público. 

Nesse evento, o foco é mostrar a todos o novo lançamento [,] incluindo funcionalidades, testes, materiais impressos e vendedores que possam tirar dúvidas, captar leads e vender os produtos em um pré-lançamento. 

A importância da ajuda profissional 

Muitos gestores ficam perdidos ao terem que realizar um evento para a empresa. Para evitar problemas e dores de cabeça, contratar uma empresa especializada pode ser a solução.

As vantagens ao terceirizar esse serviço é que um profissional tem experiência, profissionalismo, contatos e eficiência para esse tipo de organização. Além disso, é possível reduzir custos e otimizar o tempo de produção.

Profissionais dessa área já têm contato com locais para a realização do evento, descontos com parceiros e já entendem sobre toda a logística do processo. 

Por isso, ao tentar realizar o evento sozinho, você pode acabar perdendo um tempo precioso, gastando mais por não conhecer os fornecedores certos e ainda correr o risco de cometer algum erro irreparável ou acabar frustrando os participantes. Lembre-se de que, ao organizar um evento, é o nome da sua marca que está em jogo — dessa forma, é melhor não arriscar. 

Portanto, é possível perceber que cada tipo de evento corporativo tem uma finalidade. Alguns auxiliam na visibilidade da marca e dos produtos, outros melhoram a visibilidade e aumentam o engajamento com os colaboradores. Mas, todos têm em comum a necessidade de um planejamento e uma análise dos resultados

Percebeu a importância de realizar eventos corporativos na sua empresa? Se você quer ficar por dentro das novidades da comunicação integrada, siga-nos no FacebookLinkedIn e Twitter.

No Comments
Post a Comment