Partners Comunicação Pro Business

Endomarketing: entenda o conceito, as vantagens e por onde começar

As empresas têm pensado cada vez mais nos seus públicos e na forma de impactá-los positivamente. Se, antes, o consumidor era prioridade das marcas, hoje, com o uso do endomarketing, o público interno já tem a sua importância reconhecida com ações voltadas para ele. 

O endomarketing é uma estratégia que surgiu do marketing institucional, mas que tem as ações voltadas para os funcionários, acionistas, sócios e investidores. Essa mudança de posicionamento tem sido observada nas organizações que estão buscando, cada vez mais, melhorar a imagem da empresa perante seus colaboradores. 

Confira, neste post, o que é endomarketing e como implementá-lo! 

O que é o endomarketing? 

O endomarketing surgiu como uma alternativa para motivar os colaboradores das empresas e desenvolver atividades que criem soluções de alto valor agregado e que contribuam para a competição, valorização e estimulação dos funcionários. 

Essa metodologia é uma das estratégias mais eficazes para reduzir o turnover (índice de rotatividade dos funcionários) e atrair profissionais cada vez mais qualificados. A Toyota, Fiat, Google e Nubank, por exemplo, são empresas que se destacam nesse quesito e, por isso, têm tido resultados melhores que seus concorrentes.

É importante investir no endomarketing e comunicação interna pois, ao influenciar o colaborador dentro da própria empresa, ele se tornará mais motivado, entenderá todos os processos e estará mais apto a opinar e defender a marca perante o público externo. 

Quais as vantagens ao implementá-lo? 

O endomarketing é tratado, principalmente, pelo setor de marketing. Mas ele também é responsabilidade do setor de recursos humanos, que consegue encontrar facilmente as necessidades dos colaboradores e transformá-las em possibilidades de melhorias.

Veja algumas vantagens ao implementar o endomarketing na sua empresa: 

Colaboradores mais motivados

O endomarketing busca identificar pontos de melhorias para o público interno, a fim de transformar o ambiente de trabalho em um local inspirador e cada vez mais humano. Essa estratégia ajuda a criar e desenvolver a imagem da empresa como um bom lugar para se trabalhar. Funcionários motivados e engajados atraem profissionais capacitados em busca do emprego dos sonhos. 

Aumentar o salário dos funcionários ou oferecer bonificações não são as únicas maneiras de deixar uma equipe mais motivada. Reconhecer ações pontuais, estabelecer planos de carreiras, abrir espaço para que os funcionários opinem sobre diversas áreas, ser mais flexível com horários e criar momentos de integração são alguns exemplos de condutas simples que podem mudar completamente a relação entre empresa e funcionário. 

Menor rotatividade de funcionários

O mercado está cada vez mais competitivo e perder funcionários capacitados para a concorrência pode trazer prejuízos. Manter uma equipe preparada, capacitada e especializada é um grande diferencial que requer valorização e reconhecimento por parte da empresa. 

Quando um profissional se sente parte importante da organização, ele aumenta a sua produtividade, bate mais metas e integra realmente aquele sistema. Com isso, ele não buscará por outras oportunidades e se tornará um embaixador daquela marca.

Aumento na produtividade 

Pessoas motivadas são mais produtivas, proativas, satisfeitas e, consequentemente, se esforçam mais atrás de bons resultados. Além disso, equipes motivadas influenciam diretamente no clima organizacional das empresas, melhorando a qualidade do serviço e o bem-estar dos funcionários. 

Como criar estratégias do endomarketing? 

O primeiro passo para inserir o endomarketing na rotina de uma empresa é planejar as ações e delegar funções para as pessoas responsáveis. Realize reuniões com as equipes, faça pesquisas de clima organizacional e tente identificar quais são os pontos negativos. O RH poderá auxiliar nessa fase. 

Depois de levantar essas informações primárias, é hora de identificar e estruturar as ações. O que é prioridade? O que é possível de ser realizado no momento? Quais são as medidas a longo prazo? Divida as tarefas e comece a colocar em prática algumas delas. Treinamentos, pesquisas periódicas e integrações são atividades que devem estar no calendário do gestor. 

Lembre-se de que esse processo é construído pouco a pouco e que o feedback dos colaboradores é fundamental para saber para onde seguir. Por isso, o endomarketing deve ser encarado como uma parte do processo organizacional de uma empresa e que essas metodologias internas podem se transformar em cases de sucesso

Este post foi útil? Siga-nos no Facebook, LinkedIn e Twitter e fique por dentro de outras novidades de comunicação.

No Comments
Post a Comment