Partners Comunicação Pro Business

Como o vídeo marketing assume a posição central na produção de conteúdo?

Os brasileiros passam mais de 15 horas por semana assistindo a vídeos online, segundo pesquisa da Google, feita em 2017. Esse número representa um aumento de 90% em três anos, e prova que o formato entrou no mercado para ficar. Diante disso, fica claro que o vídeo marketing pode ser um grande aliado na estratégia de venda.

O motivo não é só o tempo dedicado ao consumo desse tipo de conteúdo, mas também por ter um potencial maior de atração. É que o vídeo transmite a mensagem por meio de dois canais (oral e visual). Por isso, conforme a Teoria dos Dois Canais, a pessoa presta mais atenção e consegue memorizar o conteúdo de forma mais profunda.

Sendo assim, quem atua com vendas pode usar isso a seu favor por meio da produção de vídeos. Contudo, eles precisam ser desenvolvidos de forma estratégica para atingir seus objetivos.

Confira, a seguir, como desenvolver sua estratégia de acordo com o funil de vendas e quais canais estão em alta no momento.

O planejamento da produção de conteúdo em vídeo

Primeiramente, inserir o vídeo na estratégia digital requer que a empresa conheça bem o seu público-alvo. Isso envolve coletar informações básicas como faixa etária, gênero, profissão, classe social e interesses.

Também é necessário fazer uma pesquisa sobre quais são os assuntos mais procurados por esse público. Essa prática serve para orientar melhor a produção de conteúdo e, assim, gerar resultados mais satisfatórios.

Outra questão relevante: para garantir que a mensagem seja efetiva, as empresas precisam criar vídeos de acordo com o formato de cada plataforma. Nesse sentido, não basta criar um vídeo e publicá-lo em todas as plataformas. Afinal, cada uma tem o seu formato e sua especificidade.

O vídeo marketing no funil de vendas

Seus vídeos devem ser pensados para cada uma das fases do funil de vendas. Saiba como isso funciona!

Atração

A descoberta é a primeira etapa do funil. Nesse momento, a pessoa não conhece a empresa e ainda não percebeu que tem algum problema. Por isso, aqui, o ideal é desenvolver conteúdos que falem sobre assuntos que interessem a ela. Todavia, lembre-se de que os vídeos não devem falar diretamente sobre a empresa.

Consideração

Quando o cliente passa para o estágio da consideração, ele já percebeu que tem algum problema. No entanto, não sabe o que fazer para solucioná-lo. Sendo assim, a empresa deve aprofundar o assunto e oferecer soluções para ele por meio de tutoriais e dicas.

Avaliação

Ao chegar nessa etapa, o cliente já conhece a empresa e seus serviços. É hora de a marca ser mais específica e levá-lo às compras. Alguns conteúdos que podem ser abordados nos vídeos são: vantagens do produto ou serviço, depoimentos e tutoriais de uso.

Os canais mais utilizados pelas empresas

Veja quais são as principais tendências do momento para inspirar sua estratégia de vídeo marketing!

IGTV

Lançado recentemente, o InstagramTV (ou IGTV) é uma ferramenta dentro do Instagram que permite produzir vídeos na vertical com 10 até 60 minutos de duração (dependendo da conta).

O canal é uma ótima opção para produzir conteúdo mais profundo e, ainda, aproximar o cliente dos profissionais da empresa. Dessa forma, procure apostar em vídeos tutoriais, com dicas e informações relevantes.

Stories

Mensagens rápidas e objetivas são ideais para os Stories do Instagram, que só permitem vídeos de até 15 segundos (também na vertical). Nesse canal, a questão visual conta muito para prender a atenção do cliente e fazê-lo acompanhar todo o conteúdo — o que ajuda no engajamento e na fidelização.

YouTube

Líder quando o assunto é canais de vídeos, o YouTube não pode ser ignorado. A empresa pode criar um canal para produzir vídeos curtos e objetivos sobre temas relevantes para o seu público-alvo, e vídeos mais longos com assuntos mais densos.

Também é interessante fazer parcerias com youtubers ou até usar o canal para fazer cobertura de eventos e produzir minidocumentários.

Viu como o vídeo marketing pode estar no centro da produção de conteúdo? Seguindo todas essas informações, sua empresa conseguirá desenvolver uma estratégia eficiente e que possa gerar leads. Invista nesse formato promissor!

Gostou? Então compartilhe este post em suas redes sociais para que outras pessoas fiquem por dentro do assunto!

No Comments
Post a Comment