Partners Comunicação Pro Business

Assessoria de Comunicação: Saiba quais são as suas diferenças para o Marketing e Assessoria de Imprensa

Assessoria de comunicação x marketing x imprensa: quais são as diferenças?

 

Um fato indiscutível é que toda organização, independentemente de seu tamanho, precisa se comunicar, não é mesmo? Seja internamente, entre colaboradores, ou externamente, o que envolve fornecedores, consumidores, sociedade e mídia, toda empresa tem a necessidade de expor informações. Mas isso, nem sempre, é tarefa fácil, especialmente à luz do conceito da comunicação pro business, cujo foco está em trazer resultados de negócio para a empresa.

Para facilitar esse processo, existem diferentes profissionais que trabalham em prol de melhorar a forma como uma empresa se comunica, seja por meio de uma assessoria de comunicação, assessoria de marketing ou assessoria de imprensa.

Conheça as diferenças

Para quem não conhece bem a área, parece uma simples variação de termos para designar um mesmo tipo de serviço, mas isso não é verdade.

De fato, todos esses tipos de assessoria visam produzir uma comunicação mais eficiente, mas existem características específicas que diferem o papel de cada uma e como elas podem ajudar um negócio a alcançar sucesso.

Até algum tempo atrás, o que todo profissional ou empresa queria era receber convites para entrevistas em emissoras de televisão, rádio, jornais ou revistas, o que garantia boa visibilidade e crescimento.

Contudo, vivemos em uma época em que muitas marcas conquistam espaço e reconhecimento divulgando produtos na internet, especialmente por meio das redes sociais e de ferramentas como sites e blogs.

A partir daí, outras dúvidas surgem: qual tipo é mais adequado para cada empresa, quais as vantagens e desvantagens de investir em cada uma, como escolher e contratar uma boa assessoria, etc.

Na tentativa de esclarecer essas dúvidas, trazemos neste post uma definição sobre os termos assessoria de comunicação, de marketing e de imprensa, explicando como cada um funciona e qual sua importância nas organizações. Continue lendo e confira!

 

Afinal, o que faz a assessoria de comunicação?

Muita gente confunde os termos assessoria de comunicação e assessoria de imprensa, acreditando que estão relacionados o mesmo tipo de atividade, mas é preciso dizer que elas são distintas.

A primeira diferença que vale citar e que explica muita coisa é que a assessoria de imprensa é regida pelo Jornalismo, enquanto a assessoria de comunicação pode ser formada por um profissional da Comunicação Social: publicitário, relações públicas ou jornalista.

Esta assessoria pode ser definida como o departamento de comunicação que trabalha principalmente as informações dentro da própria empresa, ou seja, é responsável pela comunicação corporativa, jornal interno, newsletter e eventos, entre outras ações.

É um trabalho mais aprofundado e completo, por isso a assessoria precisa, primeiramente, conhecer os pontos negativos dentro da instituição e buscar meios de solucioná-los.

Além disso, é de sua responsabilidade a criação de um ambiente agradável e harmônico entre os colaboradores, mediando a comunicação entre eles.

Para isso, os assessores de comunicação também precisam estar cientes sobre as atividades realizadas pelo setor de Recursos Humanos, a fim de conseguir direcionar as informações aos diversos públicos da empresa e formular as políticas de relacionamento com o público de forma geral.

Isso quer dizer que fica a cargo dessa assessoria tanto atividades de comunicação interna quanto externas, além de campanhas e propagandas publicitárias.

A comunicação aqui é feita tanto com os veículos midiáticos quanto com os colaboradores da empresa e seus clientes.

Não podemos ignorar o fato de que, hoje em dia, com o avanço da tecnologia e a comunicação sendo feita cada vez mais no ambiente virtual, a internet e as redes sociais têm tornado as pessoas tão ou mais importantes do que jornalistas e profissionais de grandes veículos para a assessoria. O nosso case sobre a campanha de conscientização contra a febre amarela na cidade de São Paulo, por exemplo, mostra a ferramenta decisiva que se tornou a internet, no auge de uma grave epidemia de proporção nacional.

Posicionamento digital

Atualmente, as pessoas buscam as redes sociais com muito mais frequência que um SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), por causa da diferença na agilidade entre os dois serviços. Graças a isso, pode acontecer de haver uma mistura entre o trabalho da assessoria de comunicação e da assessoria de imprensa.

A assessoria de comunicação é uma ferramenta para empresas que têm por objetivo ampliar a credibilidade de sua imagem e aumentar a visibilidade de seu negócio.

Para isso, executa o papel de facilitar o relacionamento entre a empresa e seus públicos — sejam clientes, sociedade, funcionários, fornecedores, autoridades ou mídia.

Além de zelar pela imagem institucional da organização, a assessoria de comunicação também permite um contato com formadores de opinião, o que pode aumentar a aceitação de suas atividades.

É importante dizer que esse serviço é capaz de melhorar significativamente a motivação e engajamento dos colaboradores da empresa, pois uma comunicação institucional bem feita tem o poder de mudar até mesmo cenários e clima dentro de um ambiente de trabalho.

Gerenciamento de crise

Outro papel que tem grande relevância nesse tipo de assessoria é atender os questionamentos da mídia e evitar que notícias prejudiciais sejam divulgadas.

A imprensa tende a preferir mostrar em suas matérias os problemas de gestão, o que inclui mau desempenho financeiro, irregularidades e desvios, além de defeitos e recalls de serviços ou produtos, propagandas enganosas, demissões e fechamentos.

A assessoria de comunicação é aquela que está preparada para responder aos veículos midiáticos nos bons momentos da instituição, mas também para executar gerenciamento de crise. É a responsável por apontar notícias capazes de atrair o interesse da mídia, buscando retratar uma imagem positiva, com fatos impactantes ou novidades que agreguem conhecimento.

O que é assessoria de marketing?

A assessoria de marketing é a responsável por prestar suporte nas ações realizadas pela empresa em sua comunicação interna e externa. Cabe ao setor realizar eventos e campanhas promocionais e/ou publicitárias, mas também projetos que visam melhorar a imagem da empresa e aumentar a satisfação dos clientes.

Essa assessoria pode servir para idealizar e organizar a participação de uma pessoa ou empresa em feiras e eventos, coordenar ações para o lançamento de um produto ou realizar pesquisas para auxiliar uma empresa a identificar o perfil de seu consumidor.

Outra responsabilidade do assessor de marketing é coordenar a criação e produção de material de divulgação para seu cliente, o que envolve desenvolvimento da ideia, planejamento, execução e distribuição.

Além disso, cabe à assessoria de marketing buscar informações estratégicas sobre o mercado de atuação do cliente, prospectar e estabelecer novos negócios, manter o relacionamento com parceiros e desenvolver novos projetos junto às equipes de criação e área comercial.

Competências do profissional de marketing

O profissional dessa área precisa ter um perfil dinâmico, pois realiza tanto tarefas operacionais como estratégicas, sendo necessário saber lidar com pessoas e ter excelente comunicação verbal e escrita.

Hoje em dia, é praticamente impossível falar de marketing sem citar o Marketing Digital e o Marketing de Conteúdo, por isso vale explicar um pouco sobre cada uma dessas vertentes e como funciona a assessoria nesses casos.

No Marketing Digital, a ideia é posicionar um profissional ou empresa de maneira estratégica e personalizada na internet. Para isso, o assessor de marketing precisa dominar recursos e ferramentas como redes sociais, blogs, sites, e-mail marketing, mecanismos de buscas, técnicas de copywriting, produção de conteúdo, entre outros.

O primeiro passo do trabalho nessa área é a criação de um planejamento estratégico que aborde as metas e os objetivos do cliente. Que aponte qual é seu público-alvo, suas personas — perfis fictícios que representem com quem a empresa vai falar —, sua identidade e seu nicho de atuação.

Além disso, é necessário identificar quais palavras-chave são mais utilizadas nos mecanismos de busca, qual tipo de conteúdo a ser oferecido, que mídias serão utilizadas, a forma e a linguagem utilizada para se comunicar com o público e, por fim, um cronograma de ações a serem executadas.

Marketing empresarial

O serviço de assessoria de marketing pode ser útil para que a marca ganhe visibilidade, aumente o número de clientes ou transforme um negócio físico em virtual. Para medir os resultados, o assessor produz relatórios para verificar se os objetivos do assessorado estão sendo atingidos.

Quando o assunto é Marketing de Conteúdo, podemos resumir sua proposta como a estratégia de comunicação utilizada para engajar o público-alvo de uma pessoa ou empresa de forma orgânica.

Seu principal veículo também é a internet, que tem uma audiência impactada e mensurada de maneira distinta das mídias tradicionais.

A assessoria então serve para buscar que tipo de conteúdo de qualidade é capaz de atrair o público-alvo de uma marca, o que fará com que ela seja notada. A ideia é colocar o relacionamento entre empresa e cliente como o foco da comunicação, o que consiste em atrair e reter.

O trabalho aqui é conseguir fazer com que as pessoas vejam uma marca como autoridade e referência sobre um assunto e, consequentemente, funcionem como propagadores, que endossam sua posição entre seus círculos de influência.

 

Para que serve a assessoria de imprensa?

De maneira resumida, podemos dizer que o principal papel da assessoria de imprensa é cuidar da comunicação institucional de um cliente ou empresa, fazendo com que este seja visto pela mídia, causando uma boa impressão, promovendo visibilidade positiva para a marca e fortalecendo sua imagem.

Para isso, é fundamental que o assessor conheça a fundo o negócio da empresa ou da pessoa para quem presta esse serviço.

Isso inclui não apenas suas atividades e projetos, mas também seus pontos fortes e fracos, seu histórico, seus principais concorrentes, suas propostas, seus ideais e a situação real de seu mercado de atuação.

Geralmente, o responsável pela assessoria de imprensa é graduado em Relações Públicas ou Jornalismo — isso significa que seu trabalho não é comprar espaços na mídia, o que é feito pelos profissionais da Publicidade, mas sim conquistar espaço, oferecendo pautas noticiáveis.

Seu trabalho consiste em definir as estratégias utilizadas para que seu cliente seja percebido. Por isso, primeiramente, o assessor estuda quais são os veículos de comunicação mais relevantes para o perfil do negócio em questão e então sai em busca de oportunidades para executar sua divulgação em cada um deles.

Para alcançar visibilidade nos veículos tradicionais, como televisão, rádio e mídia impressa, como jornais e revistas, o assessor dispõe de ferramentas como clippings, press releases e follow ups.

Assessoria de imprensa: como é o trabalho

Como o serviço de assessoria consiste em administrar a divulgação de informações entre o cliente e seu público, funciona em uma via de mão dupla.

Por um lado, o assessor abastece seu cliente com notícias e informações sobre o que a mídia está falando dele — esse é o serviço de clipping. O assessor busca o que está em pauta nos jornais e portais sobre seu cliente e avalia qual posicionamento os veículos demonstraram em suas matérias.

Além de auxiliar e divulgar os eventos de seu cliente, também é responsabilidade da assessoria orientá-lo sobre como se relacionar com a imprensa, o que é chamado de media training, uma espécie de treinamento para as entrevistas e todo contato com os veículos de comunicação.

Por outro lado, a assessoria trabalha diretamente com os jornalistas, o que é feito em dois grupos de atividades diferentes, que podem ser definidos como um ativo e um espontâneo.

No primeiro, o assessor elabora e sugere pautas publicáveis sobre o negócio de seu cliente, isto é, dirige-se por iniciativa própria aos jornalistas e busca convencê-los de que sua pauta é notícia, apontando o enquadramento adequado para a informação. Sua proposta é aproximar a mídia desse negócio, fazendo com que ele apareça e seja divulgado, tentando estratégias como as coletivas de imprensa.

Press release e follow up

Aqui entram duas ferramentas que muita gente já ouviu falar: o press release (ou apenas release), que é o envio de informações em formato de texto para mídia impressa ou áudio para as rádios, que pode ser utilizado na matéria feita pelos jornalistas; e o follow up, que é quando o assessor telefona para editores e repórteres oferecendo uma pauta, estabelecendo contato e confirmando o recebimento de e-mails.

No grupo espontâneo, a assessoria é procurada por profissionais de Jornalismo que desejam entrevistar seu cliente, confirmar informações ou buscar esclarecimentos sobre críticas e assuntos polêmicos.

É nesse tipo de trabalho que a assessoria de imprensa costuma ser criticada, pois muitos assessores são mal informados e barram acesso a fontes de informação.

Há, ainda, aqueles profissionais que não se empenham em ajudar os jornalistas e sempre dizem que o responsável por tais informações não está disponível no momento em que é procurado.

O auxílio da assessoria de imprensa é fundamental para grandes empresas, marcas e nomes, pois estes estão mais sujeitos a crises que prejudicam sua imagem. Nesses casos, a assessoria é quem articula formas de contornar e gerenciar os imprevistos e garantir que o negócio não seja afetado por divulgações prejudiciais.

De que tipo de serviço a minha empresa precisa?

É propósito de todo tipo de empresa que seu produto ou serviço se torne conhecido do maior número possível de pessoas. Para alcançar esse objetivo, é comum a busca de novas formas de divulgação e exposição, por diferentes meios e ferramentas.

Como foi possível ver, a assessoria de comunicação, de marketing e de imprensa têm focos diversos, mas que podem ser aliados e complementares. Isso quer dizer que a escolha por um dos tipos de serviço não anula o outro — pelo contrário: o mais indicado é que caminhem juntos.

Objetivos de comunicação

A primeira pergunta que precisa ser feita é qual a maior necessidade da empresa no momento e quais são seus principais objetivos. Entretanto, por mais diferentes que possam ser as respostas de cada organização, é fato que todas precisam investir em melhorar a forma como se comunicam com seus públicos.

Vale lembrar que o Marketing Digital e o Marketing de Conteúdo oferecem resultados em longo prazo, já que buscam nutrir leads e fidelizar clientes, o que oferece uma geração de receita frequente para o negócio.

O marketing alcança um nicho específico do público e tem como foco melhorar a participação da empresa nos meios de comunicação, aprimorando o uso desses meios.

Já a assessoria de imprensa consegue se relacionar com um público mais amplo, falando para diferentes tipos de pessoas ao enviar releases para veículos midiáticos distintos. Suas ações produzem impacto imediato, mas é um trabalho que precisa ser realizado de maneira constante ou os resultados não são consistentes.

Por fim, a assessoria de comunicação já inclui o público interno da instituição e visa beneficiar até mesmo o clima organizacional com as melhorias na forma como os diferentes envolvidos se comunicam.

A ideia é auxiliar as empresas a oferecer as melhores condições para que seus colaboradores desenvolvam o máximo de seu potencial.

Isso é feito ajudando a instituição a consolidar sua cultura organizacional, construindo canais de comunicação que difundem seu modo de ser, pensar, produzir e se relacionar com seus públicos, o que garante um clima interno de mais motivação e confiança.

Comunicação integrada

Unir então os esforços de todas essas ferramentas é o melhor caminho para que a empresa alcance o nível de divulgação necessária e chegue a um nível de comunicação satisfatória e sem lacunas abertas.

O conceito de comunicação integrada tem ganhado cada vez mais espaço quando o assunto é planejar e executar a forma como as empresas alcançam seus diferentes públicos. O trabalho colaborativo entre as diferentes disciplinas da comunicação se mostra mais eficiente do que qualquer tentativa isolada.

Como escolher e contratar uma boa assessoria?

Sabendo que o ideal é buscar um trabalho completo, que englobe as assessorias de comunicação, marketing e imprensa caminhando em conjunto, o cenário mais favorável é aquele em que uma mesma empresa ou agência se responsabiliza por prestar todos os serviços de comunicação de um negócio.

Hoje em dia, não basta escolher alguém que consiga se relacionar com os jornalistas, produzir releases, fazer follow up, conseguir mídia espontânea e agendar entrevistas para seu cliente — é fundamental contar com alguém que saiba também criar anúncios, gerenciar redes sociais, produzir conteúdo, editar vídeos, elaborar páginas e blogs, entre outras diversas ações de promoção e divulgação.

Assessoria de Imprensa BH

Não desmerecendo o papel da assessoria de imprensa e reconhecendo sua importância no que diz respeito ao alcance de notoriedade e credibilidade de uma marca, é preciso buscar uma assessoria que também entenda a relevância do Marketing Digital.

A agência precisa se empenhar para que seu cliente seja encontrado no ambiente online e que consiga levar o consumidor a percorrer o funil de vendas, evoluindo de um visitante a um lead, de um cliente a um fã.

O trabalho em conjunto de profissionais da Publicidade, do Jornalismo e de Relações Públicas e Marketing, como ocorre na assessoria de comunicação, é a forma mais eficiente de abranger o alcance das ações voltadas para promoção, divulgação e comunicação de uma empresa.

Vivemos em um mundo onde os diferentes públicos de uma marca são bombardeados por uma enxurrada de informações o tempo inteiro — e só aquilo que é considerado realmente relevante é capaz de atrair e reter a atenção.

Estamos inseridos em um contexto em que não basta ter um assessor para administrar as informações sobre uma empresa, é preciso algo além para se destacar e alcançar notoriedade.

Para alcançar essas pessoas que estão o tempo todo conectadas e escolhem que tipo de conteúdo vão consumir — diferentemente de algum tempo atrás, em que essas pessoas não tinham para onde fugir quando se deparavam com uma publicidade —, é necessário explorar ao máximo as várias ferramentas disponíveis, além de contar com criatividade, originalidade e inovação constantes.

Na prática, muitas empresas colocam nas mãos de apenas uma assessoria — de marketing ou de imprensa — a responsabilidade de cuidar de tudo que diz respeito à sua comunicação.

O resultado nem sempre é satisfatório, especialmente porque a remuneração dos profissionais fica aquém da grande demanda de serviços a serem prestados.

Comunicação multidirecional

O que podemos concluir então é que ações integradas têm mais valor e aliar esforços com um objetivo em comum amplia as potencialidades das ferramentas de comunicação e as chances de sucesso.

Dessa forma, cresce não apenas a visibilidade e a credibilidade da instituição, mas também as oportunidades de negócios, além de a imagem da marca ser fortalecida.

Por isso o ideal é contar com agentes das diversas áreas do conhecimento da Comunicação Social trabalhando em conjunto, planejando, pensando e criando diferentes estratégias que formem uma solução completa.

Agora que você já sabe as diferenças entre os tipos de assessorias e entendeu que a assessoria de comunicação, visando uma comunicação integrada e mais abrangente, pode ser exatamente o que seu negócio precisa, entre em contato conosco.

Somos uma agência pioneira em entregar soluções integradas e possuímos conhecimento multifacetado e profissionais multidisciplinares, capazes de auxiliar na criação das melhores estratégias de promoção para seu negócio!

No Comments
Post a Comment