Partners Comunicação Pro Business

Machine learning e Inteligência artificial

Machine learning: como o avanço da inteligência artificial pode alavancar seu negócio

Se você um dia já ouviu o termo “machine learning”, bastante discutido por especialistas atualmente, provavelmente deve ter se perguntado sobre a origem da inteligência por trás dos robôs de busca e de Inteligência Artificial, certo? Já se perguntou, também, como isso pode impactar o seu negócio?

Neste artigo, vamos falar sobre o que você, como empreendedor e gestor, poderá tirar de proveito desse panorama mundial em que o aprendizado de máquina já bate em sua porta, anunciando a otimização do atendimento ao consumidor e fornecendo subsídios preciosos para uma gestão muito mais rica em resultados. Continue lendo!

O que é o machine learning, afinal?

Se você já se surpreendeu ao receber, direto na caixa de entrada do seu e-mail, recomendações ou ofertas exclusivas de novos livros do seu autor favorito, então já se deparou com um exemplo sutil e muito comum envolvendo todo o conceito de machine learning.

Também conhecido como “aprendizado artificial”, o machine learning nada mais é que um segmento da inteligência artificial que se baseia na ideia de que todos os sistemas têm capacidade para “aprender” a partir de dados, de maneira a identificar padrões e tomar uma série de decisões que quase não requerem intervenção humana.

Conheça o “supercomputador” IBM Watson

Um exemplo extremo (e bem famoso, por sinal) do que estamos falando nesse artigo é o simpático robô Watson, desenvolvido pela IBM (International Business Machines Corporation), nos Estados Unidos. O Watson é uma espécie de “supercomputador”, ou seja, uma plataforma de serviços cognitivos voltada para negócios. No Brasil, o Watson já começou a ser usado para detecção de casos de câncer, reconhecimento visual e como assistente via comandos de voz.

Qual o futuro na interação consumo X venda?

O machine learning também tem sido usado – e com sucesso – no e-commerce, um setor no qual quanto mais informação qualitativa se obtém acerca do que o consumidor realmente deseja, maior é a chance de se efetivar uma venda ou mesmo fidelizar o cliente.

Na interação comercial do “futuro”, não só a prospecção se tornará muito mais assertiva, com o cruzamento de dados que permite identificar com mais precisão os clientes em potencial de determinada marca, como a possibilidade de gerar upselling e cross-selling é alavancada com a antecipação das “vontades” do consumidor cujo perfil é delineado pelo computador.

O exemplo do “Think with Google”: aprendizado de máquina para o dia a dia

Uma pioneira no campo de tecnologia não poderia ficar de fora da onda do machine learning. Recentemente, a Google anunciou o serviço por assinatura do “Think with Google”, uma plataforma inteligente que abrange dados, insights e inspiração com a finalidade de “transformar as marcas”.

O novo serviço da Google é um prenúncio instigante do rumo que as demais empresas deverão tomar – isto é, se realmente quiserem se manter competitivas. É que, por meio do aprendizado de máquina, a interação entre consumidores e vendedores atinge outro patamar.

Atendimento otimizado

A otimização do atendimento a consumidores proporcionada pelos recursos do Machine Learning normalmente impactam diretamente sobre a experiência de clientes e funcionários, concedendo às empresas a capacidade de antecipar e solucionar problemas logo no primeiro momento, o que, naturalmente, torna todos os processos mais satisfatórios, bem como a gestão do negócio em si.

Atendimento via chatterbot

O chatterbot ou simplesmente “chatbot” é um ótimo exemplo usado por boa parte das empresas online de como funciona o atendimento otimizado por algum grau de inteligência artificial.
Basicamente, o chatterbot é uma janela de chat que “percebe” a presença do usuário em determinada página, mas não só: por meio de programação, ele compreende perguntas e dá respostas, como se fosse um vendedor virtual. E o melhor de tudo é que, enquanto o “bate-papo” flui, o sistema passa a enviar uma grande quantidade de insights relevantes para a equipe de vendas.

Campanhas de Marketing mais assertivas

Além de ser uma ferramenta capaz de agregar valor à venda e ao pós venda, o machine learning apresenta grande serventia para tornar as campanhas de marketing mais “certeiras”. No mínimo, com tomadas de decisão fundamentadas e, melhor ainda, comprovadas.

Automação aplicada aos testes A/B

Os chamados testes A/B, comumente usados dentro do marketing digital para comparar elementos entre dois anúncios, campanhas ou gráficos a fim de descobrir qual deles tem maior capacidade de conversão, tendem a adquirir outra dimensão com o advento do aprendizado de máquina.

No futuro que começa a se desdobrar, sistemas podem rodar testes A/B automatizados que dispensam a intervenção humana, ou seja, tornando mais assertiva a decisão de escolher entre uma ou outra peça. E vão além: a máquina inteligente não precisa se restringir a apenas dois elementos (A ou B).
Será possível testar uma infinidade de conteúdos, tanto de um site, quanto de uma campanha, experimentando, assim, diferentes estratégias, algo que demandaria um esforço incomensurável caso fosse feito manualmente.

Riscos e oportunidades: o que esperar?

Ao adaptar conceitos de Inteligência Artificial e do “Big Data” (terminologia extraída da área de T.I. que define conjuntos de dados que devem ser processados e armazenados) para o campo dos negócios, podemos esperar, sem dúvida, um upgrade na escalabilidade.

A uma empresa de pequeno porte, por exemplo, será possível entregar mais, com cada vez menos, consequentemente, impactando as vendas. Nesse sentido, a performance é a principal beneficiada pela I.A.

Os maiores riscos, entretanto, necessariamente envolvem o fator humano: as máquinas (ainda) não dispensam a análise e manutenção por parte de experts. Ou seja, dados e informações gerados por máquinas inteligentes precisam ser devidamente interpretados, do contrário, instala-se um verdadeiro caos gerencial, com dispêndio de recursos preciosos, entre os quais, o dinheiro e, claro, o tempo.

Bom, agora que você ficou por dentro das inúmeras possibilidades do aprendizado artificial e não quer mais ver o tempo da sua equipe desperdiçado, conheça todas as oportunidades de crescimento oferecidas por uma agência de comunicação e escolha a melhor alternativa para sanar os desafios de seu negócio. A Partners Comunicação Pro Business conta com mais de 25 anos de atuação no mercado de comunicação corporativa, presente em todo o território nacional.