Back to top

O fenômeno Anitta bem na "Sua [Nossa] Cara"

Não. Esse não é um texto sobre música. Nem sobre quebra de preconceitos. Muito menos tem o objetivo de defender esse ou aquele lado. Esse texto é apenas para lembrar que dedicação, senso de oportunidade e trabalho em equipe não fazem mal a ninguém.

Todo profissional se depara com tais palavras e expressões diariamente. Mas, muitas vezes, teoria e prática demoram para caminhar juntas. E o resultado acaba sendo muito aquém do esperado.

No domingo, 30 de julho, Anitta mostrou que é possível exercitar todas as técnicas que aprendemos nas universidades.

Sem medo de enfrentar críticas, a cantora emplacou mais um hit: Sua Cara. Em 20 minutos, 500 mil visualizações do clipe no Youtube. Na Internet, em especial, nas redes sociais, não se falava em outra coisa. E, detalhe: naquele momento, os dois times de futebol com as maiores torcidas do país - Corinthians e Flamengo - duelavam pelo Campeonato Brasileiro.

De forma superficial, apenas para que possamos refletir sobre o "fenômeno Anitta", vamos pegar aqueles pontos lá do primeiro parágrafo e tentar explicá-los aqui:

Dedicação - recentemente, a cantora concedeu entrevista ao jornalista Pedro Bial. Relembrando as origens, fez questão de deixar o "mi-mi-mi" de lado. Explicou que recebeu vários "nãos". Que foi, muitas vezes, desencorajada. Mas que, apesar das dificuldades, se manteve dedicada, focada. Hoje, em meio à enxurrada de críticas - positivas e negativas - lá está ela, assinando contrato para decolar a carreira internacional.

Senso de oportunidade - o lançamento do clipe da cantora foi em uma festa - idealizada por ela, em uma boate, no Rio de Janeiro, em plena tarde de domingo. Pare para pensar: o que você faz em um domingo à tarde? Pois é. Ficou nítido que a cantora percebeu essa brecha. Além de tirar de casa alguns de seus fãs, Anitta movimentou a boate - e a economia.

Trabalho em equipe - é aquela famosa frase "ninguém faz nada sozinho". Frequentemente, a cantora tem deixado claro que alguns artistas, apesar de dividirem a mesma fatia, podem, juntos, fazer o bolo crescer ainda mais. E foi o que ela mesma fez ao gravar com Pablo Vittar e Major Lazer. Ou seja, os fãs das três personalidades ajudaram a disseminar a música e o vídeo com uma força três vezes maior.

Para finalizar, uma valiosa dica: o sol nasce para todos!

Sobre o autor: 

João Mançal

João Mançal é formado em Comunicação e tem mais de 12 anos de experiência profissional em áreas das iniciativas pública e privada. Hoje, atua como gerente responsável pelas comunicações interna e externa na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), no Rio.